segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Da Ponte Me Indignei...

Passando sobre a ponte,
Avisto um amontoado de pessoas voltadas com os olhares para baixo,
Por quê?
Surpresas com uma tartaruga descansando sobre uma galhada que ali estava.
Mas o que?
Indignado fiquei, arregalado olhei nos olhos de cada  um e nada falei.
Indignado fiquei porque ao lado daquela pobre tartaruga, um amontoado de lixo, garrafas, sacolas,etc.
Indignado fiquei porque os valores já não são os mesmos.
Uma tartaruga no seu habitat, normal?
Não. Já não é mais.
Um amontuado de lixo em meio a galhada no rio, repugnante?
Não.Já não é mais.
O natural não é mais normal...
O entulho não é mais espanto...
O estranho está em parar para observar o que normal deveria ser.
Estranho está em não observar no anormal da situação.
O LIXO!
É,
De fato, o lixo é muito mais normal do que uma tartaruga nadando livremente e parando para um descanso.
Que medo tenho do olhar com que os seres olham para o mundo.
O olhar surpreende-se com o que não deveria
E deixa de surpreender-se com o horror do lixo espalhado pelas ruas e nos rios.
 

Rubens Staloch

Nenhum comentário: